O que é Google Looker Studio
Getting your Trinity Audio player ready...

O Google Data Studio era uma das ferramentas mais bacanas do Google. Ela tinha como objetivo gerar relatórios e visualizações de dados. Além de gratuita, permitia conectar diversas fontes de dados, criando visualizações personalizadas. E ainda, com a colaboração de diversos usuários. Mas o Google adquiriu o Looker Studio em 2019 e desde então integrou a plataforma ao Google Cloud Platform (GCP), fortalecendo suas capacidades de análise de dados e oferecendo uma solução abrangente para empresas que buscam insights acionáveis a partir de seus dados.

Continue lendo esse post e descubra como o Looker substituiu o Google Data Studio e quais os seus benefícios!

O que é Google Looker  Studio

Google Looker Studio é uma plataforma de análise de dados e visualização desenvolvida pelo Google. Ela permite que as empresas obtenham insights valiosos a partir de seus dados, transformando-os em visualizações intuitivas e interativas.

A plataforma oferece uma variedade de recursos para análise de dados, incluindo a capacidade de conectar-se a diversas fontes de dados, como bancos de dados SQL, data lakes e data warehouses. Desse modo, com o Looker Studio, os usuários podem criar painéis personalizados e relatórios dinâmicos que ajudam a entender melhor o desempenho do negócio, identificar tendências e tomar decisões informadas.

Além disso, o Google Looker Studio oferece recursos avançados de visualização de dados, permitindo que os usuários criem gráficos interativos, mapas geográficos, tabelas dinâmicas e muito mais. E ainda, essas visualizações podem ser personalizadas de acordo com as necessidades específicas da empresa e compartilhadas facilmente com colegas e stakeholders.

Principais Pontos do Google Looker Studio

As principais características da ferramenta são:

  1. Conectividade com várias fontes de dados: O Looker Studio permite conectar-se a uma ampla gama de fontes de dados, incluindo bancos de dados SQL, data lakes, data warehouses e serviços em nuvem, como Google BigQuery, além de ferramentas do Google, como Google Analytics, Google Ads e Google Sheets.
  2. Modelagem de dados flexível: Os usuários podem modelar os dados de forma flexível e criar modelos semânticos que refletem a estrutura e os relacionamentos dos dados de negócios da organização.
  3. Visualizações personalizáveis: As visualizações podem ser facilmente personalizadas para atender às necessidades específicas da empresa. Logo, o Google Looker Studio oferece uma variedade de opções de visualização de dados, incluindo gráficos interativos, tabelas dinâmicas, mapas geográficos e muito mais.
  4. Exploração de dados intuitiva: A plataforma oferece uma interface intuitiva e fácil de usar para explorar dados. Assim, permite que os usuários filtrem, segmentem e analisem os dados de maneira eficiente.
  5. Colaboração e compartilhamento: Os usuários podem colaborar facilmente em análises e relatórios, compartilhando visualizações e insights com colegas de equipe e stakeholders.
  6. Segurança avançada: O Google Looker Studio oferece recursos avançados de segurança, incluindo controle de acesso granular e integração com sistemas de autenticação corporativos.
  7. Automação de processos: A plataforma suporta automação de processos por meio de agendamento de atualizações de dados, alertas automatizados e fluxos de trabalho personalizados.
  8. Integração com outras ferramentas do Google Cloud Platform: A plataforma se integra perfeitamente com outras ferramentas do Google Cloud Platform, como BigQuery, Dataflow e Dataprep. Como resultado, proporciona uma solução completa para análise de dados em nuvem.

Essas são apenas algumas das principais características do Google Looker Studio, que o tornam uma escolha popular para empresas que buscam insights acionáveis a partir de seus dados.

Como usar o Looker Studio

A ferramenta é bem intuitiva e fácil de usar. Assim, o primeiro passo é definir objetivos claros em relação aos dados que você precisa analisar. Dessa forma, você saberá quais métricas inserir no dashboard antes de começar a personalizar. Portanto, tenha em mente que escolher corretamente os kpis terá impacto em todas as etapas seguintes:

  1. Acesso à Plataforma:

    • Acesse o Google Looker Studio através do seu navegador da web.
    • Faça login na plataforma com suas credenciais de usuário.
  2. Conectar Fontes de Dados:

    • Conecte suas fontes de dados ao Looker Studio. Isso pode incluir bancos de dados SQL, data lakes, data warehouses e serviços em nuvem, como o Google BigQuery.
    • Configure as conexões necessárias para acessar os dados que você deseja analisar.
  3. Explorar os Dados:

    • Use a interface intuitiva do Looker Studio para explorar os dados. Enfim, navegue pelos diferentes conjuntos de dados disponíveis e visualize as informações que deseja analisar.
  4. Criar Modelos de Dados:

    • Crie modelos de dados semânticos que reflitam a estrutura e os relacionamentos dos dados de negócios da sua organização. Isso permite que você faça análises mais avançadas e personalize as visualizações de acordo com suas necessidades.
  5. Visualizar os Dados:

    • Crie visualizações de dados personalizadas usando uma variedade de opções disponíveis no Looker Studio, como gráficos interativos, tabelas dinâmicas e mapas geográficos.
    • Personalize as visualizações conforme necessário para atender às suas necessidades específicas.
  6. Analisar e Interpretar os Dados:

    • Use as ferramentas de análise do Looker Studio para explorar os dados em profundidade, filtrar e segmentar as informações conforme necessário e identificar insights valiosos.
  7. Compartilhar Insights:

    • Compartilhe suas análises e visualizações com colegas de equipe e stakeholders. O Looker Studio oferece opções para compartilhar visualizações através de links, incorporá-las em outros aplicativos ou agendar relatórios automatizados.
  8. Gerenciar Acesso e Segurança:

    • Gerencie o acesso aos dados e às análises, configurando permissões de usuário e controle de acesso granular.
    • Garanta que os dados estejam protegidos e em conformidade com as políticas de segurança da sua organização.

O vídeo abaixo, elaborado pelo Google tem uma introdução de como usar a ferramenta:

Dicas para maior proveito do Google Looker Studio

Algumas dicas para obter o máximo proveito do Google Looker Studio:

1. Entenda sua Estrutura de Dados:

Antes de começar a criar modelos de dados e visualizações, certifique-se de entender completamente a estrutura dos seus dados. Dessa forma, você poderá criar modelos semânticos mais precisos e relevantes.

2. Explore os Recursos de Modelagem de Dados:

Familiarize-se com os recursos de modelagem de dados do Looker Studio, como dimensionamento, pivoteamento e filtragem. Assim, você poderá modelar seus dados de maneira eficaz e criar visualizações mais significativas.

3. Use Visualizações Interativas:

Explore as opções de visualização interativa oferecidas pelo Looker Studio, como gráficos de linha, barras e pizza. Desse modo, você terá visualizações que podem ajudar a comunicar seus insights de forma mais eficaz.

4. Aproveite os Recursos de Análise:

Utilize as ferramentas de análise do Looker Studio, como filtros, segmentações e métricas personalizadas, para explorar seus dados em profundidade e identificar insights valiosos.

5. Personalize suas Visualizações:

Personalize suas visualizações de acordo com o público-alvo e o objetivo da análise. Consequentemente, você pode incluir a adição de títulos claros, legendas informativas e cores significativas.

6. Colabore com sua Equipe:

Use recursos de colaboração do Looker Studio para compartilhar suas análises e visualizações com colegas de equipe e stakeholders. Como resultado, promoverá uma cultura de colaboração e tomada de decisões baseada em dados.

7. Aplique Agendamento de Relatórios:

Configure agendamentos para relatórios automatizados, garantindo que as informações relevantes sejam entregues às partes interessadas em tempo hábil e de forma consistente.

8. Mantenha-se Atualizado:

Esteja sempre atento às atualizações e novos recursos do Looker Studio. Eventualmente, o Google está constantemente adicionando melhorias e funcionalidades à plataforma, então aproveite ao máximo essas atualizações para melhorar sua experiência de análise de dados.

9. Participe de Treinamentos e Comunidades:

Aproveite os recursos de treinamento oferecidos pelo Google Looker Studio e participe de comunidades online onde você possa compartilhar conhecimento, obter suporte e trocar experiências com outros usuários da plataforma.

Seguindo essas dicas, você poderá obter um maior proveito do Google Looker Studio e transformar seus dados em insights valiosos para o seu negócio.

Gostou desse post? Que tal se cadastrar para receber nossos conteúdos? Ou, se preferir, entre em contato com um especialista da Vero. Assim, ele poderá ajudar sua empresa na análise de dados.

Looker Studio: o que é e como usar
Tags:         
pt_BR

COMUNICADO DA VERO CONTENTS

ATENÇÃO!!

A VERO CONTENTS NÃO OFERECE NENHUM TIPO DE EMPREGO VIA TELEGRAM. ALGUMAS PESSOAS ESTÃO SE PASSANDO COMO COLABORADORES DA VERO, MAS NÃO HÁ NENHUMA RELAÇÃO CONOSCO. ESTAMOS TOMANDO AS PROVIDÊNCIAS NECESSÁRIAS PARA IDENTIFICAR ESSAS PESSOAS.