fbpx
Facebook Analytics

O Facebook Analytics é uma ferramenta de análises do comportamento do usuário muito bacana, mas que muita gente ainda não conhece.

Já falamos muito aqui no blog sobre a importância da análise de dados. E existem várias ferramentas bacanas que podem te ajudar a entender para onde o marketing digital está te levando. Afinal, quem não analisa, não evolui.

Nesse artigo, vamos falar de uma ferramenta bem interessante e com funcionalidades que podem complementar outras ferramentas, como o Kissimetrics e o próprio Google Analytics: o Facebook Analytics.

Acompanhe nesse artigo:

  • O que é Facebook Analytics
  • Como o Facebook Analytics pode ajudar sua empresa
  • Usando o Facebook Analytics
  • Funcionalidades Principais da Ferramenta

O que é Facebook Analytics

O Facebook Analytics é a ferramenta de análise de métricas do Facebook. É importante salientar que a ferramenta mede não somente as informações da rede social, mas também de outras plataformas, como o seu próprio site, o que pode ser feito com a instalação do pixel do Facebook.

Além desse diferencial importante, o Facebook Analytics permite que você acompanhe, além do tráfego, informações demográficas e relatórios sobre o comportamento dos usuários. Assim você pode acompanhar, por exemplo, a jornada de compra do usuário no Facebook, até seu site ou aplicativo, chegado até à conversão final.

Como o Facebook Analytics pode ajudar sua empresa

A ferramenta permite que você utilize funis, coortes e segmentos. Dessa forma, você pode filtrar os grupos de pessoas que estão interagindo com sua empresa, entendendo melhor o seu comportamento.

Os funis permitem que sejam medidas as conversões realizadas em uma sequência de ações, além de taxas de conversão e tempos de conclusão de determinadas experiências dos seus canais. Um coorte é um grupo de usuários que usam os canais da sua empresa para realizar uma mesma ação. Essa ação pode ser, por exemplo, uma compra ou a inclusão de um produto no carrinho, tanto no seu site quanto em um aplicativo.

Já os segmentos são os grupos de usuários definidos por dados demográficos, informações de dispositivo, origem de instalação do aplicativo ou por eventos (que podem ser conversões, por exemplo).

Usando o Facebook Analytics

O primeiro passo para usar o Facebook Analytics é ter uma conta no Gerenciador de Negócios do Facebook. O segundo, é configurar o Pixel do Facebook em seu site. O pixel é um recurso usado para acompanhar os eventos, que podem ser desde as conversões dos seus anúncios, até a configuração de públicos específicos, o Lookalike.

Para instalar o Pixel, escolha a opção correspondente no menu do canto esquerdo e siga as instruções. Você deve incluir o código do Pixel no seu site, ação que pode ser feita via Google Tag Manager, diretamente na programação ou utilizando um plugin do WordPress, caso você use esse sistema de CMS.

Para entender a ferramenta, é preciso entender alguns conceitos que são abordados – eventos, fonte do evento e canais. Os eventos, como já dissemos, são as ações que os usuários realizam; a fonte do evento é de onde o Facebook Analytics irá receber a informação dos eventos, como por exemplo, o seu site ou o aplicativo. Os canais são os ambientes onde os eventos são registrados.

Funcionalidades Principais da Ferramenta

Para acessar a ferramenta, acesse o Gerenciador de Negócios, clique nas três barrinhas no canto superior esquerdo e selecione a opção Analytics (ou Análise).

A ferramenta apresenta algumas opções no menu do lado esquerdo, que irão variar de acordo com as fontes que foram ajustadas. Assim, podem ser que alguns relatórios e métricas não estejam disponíveis. Vamos ao resumo:

Visão Geral

A visão geral traz informações como número de novos usuários, usuários ativos por hora ao longo do último dia e da semana, dados demográficos – como gênero, idade e localização, além de engajamento com as publicações na página do Facebook.

Também podem ser mostradas informações de comportamento como frequência de compras ou outras ações personalizadas, que foram definidas anteriormente. Isso é importante, pois você pode definir como uma ação, por exemplo, o abandono de carrinho por localidade, uma informação essencial para quem trabalha com lojas virtuais.

Painéis

A seção painéis permite a criação de painéis personalizados, o que permite rastrear as métricas principais.

Atividades

Na seção atividades você encontrar os eventos específicos. São informações extremamente ricas e detalhadas sobre o seu público e o comportamento dele no seu site/aplicativo/rede social. Vamos acompanhar:

Usuários ativos

Essa aba mostra a quantidade de usuários únicos e novos em determinado período. Pode-se também visualizar o número de eventos e perdurabilidade (número de usuários ativos por dia dividido pelo número de usuários ativos do mês). Assim, você pode medir o engajamento por canal.

Receita

Aqui temos métricas como receita total no período, número de pedidos e receita média por compra. Veja a importância da instalação do Pixel e a qualidade de informação que podemos obter com a ferramenta.

Funis

A funcionalidade dos funis é muito bacana. Com ela, você pode criar funis para visualizar a jornada dos visitantes, acompanhando o progresso das conversões. Assim, você consegue identificar os comportamentos dos usuários.

Retenção

O percentual de usuários que continuam utilizando os seus canais digitais após a interação inicial. Você pode filtrar os dados por canal, localização, idioma, tipo de dispositivo e por intervalo de tempo.

Coortes

Os coortes, também como já mostramos é o grupo de usuários que realizaram uma determinada sequência de eventos (definidos anteriormente na ferramenta).

Detalhamentos

Aqui temos as tabelas dinâmicas, onde você poderá agrupar dados das atividades dos usuários, utilizando filtros com até três parâmetros. Você poderá cruzar dados, como visualizações de páginas, segundo dispositivo, faixa etária e gênero, etc.

Jornadas

As jornadas mensuram uma sequência de eventos ou ações de um usuário nos diversos canais e dispositivos. Com ela, você poderá entender a experiência dos clientes nos seus canais e origens de eventos. São dois tipos de jornadas: conversão (definido por você); e não conversão, que termina após um período de inatividade sem ações do usuário nos canais.

Percentis

Nos percentis você pode enxergar quais grupos ou visitantes são mais ativos ou produzem mais valor. O relatório mostra a distribuição de usuários que realizaram determinada ação.

Eventos

Os eventos são interações específicas que os usuários realizaram, mostradas em um período determinado. Aqui são mostrados o número de vezes de execução dos eventos e quantidade de usuários que realizaram a ação. Além disso, pode-se observar a receita que determinados eventos geraram para a empresa.

Sobreposição

Na sobreposição você pode ver o número de usuários segundo o parâmetro de sua escolha. Você pode visualizar na forma de um gráfico de círculos, onde são mostradas as sobreposições.

Valor vitalício

O valor vitalício ou lifetime value mostra o quanto o cliente representa para o negócio, acumulado por dia, semana ou mês. Você pode filtrar as informações por todos os usuários ou por usuários pagantes.

Pessoas

Na seção pessoas temos os dados demográficos, onde podemos ver informações sobre nível de instrução, status de relacionamento, estilo de vida, região em que moram, faixa etária e gênero, etc.

Agora você está por dentro do Facebook Analytics, poderosa ferramenta de análise, que traz insights importantes sobre suas ações de marketing digital. Quer ajuda com o marketing digital da sua empresa? Fale com um especialista da Vero Contents!

Facebook Analytics: saiba tudo sobre a ferramenta
Tags:             
WhatsApp chat