fbpx
Copywriting - Vero Contents

Todo gestor de marketing está sempre em busca de novas estratégias. Principalmente as que ajudem na conversão de vendas. Independentemente da escolha, existe um fator que impacta diretamente nas ações: um bom conteúdo. É ele que vai atrair o consumidor e alimentar os leads. E também vai melhorar o relacionamento com a marca, entre outras funções.

É importante saber que não é todo tipo de texto que converte em vendas. Portanto, é necessário que o conteúdo tenha algumas características.

E é aí que entra o copywriting, técnica que vem se popularizando cada vez mais. Neste artigo vamos abordar essa técnica. E como ela pode te ajudar a conquistar mais clientes. Acompanhe!

O que é o copywriting?

Basicamente, o copywriting é uma estratégia de produção de conteúdos. Essa técnica tem como objetivo convencer a audiência a realizar uma ação (muitas vezes uma venda). Esse conteúdo pode ser apresentado em vários formatos, como e-mail, slogan, blog post, site, entre outros. Assim, copywriting é a arte de escrever de forma persuasiva para promover um produto, pessoa, ideia ou negócio.

O copywriter, profissional especializado na técnica, tem o trabalho de selecionar as informações de forma cuidadosa. E em seguida, ele escreve o copy (text) de uma forma persuasiva. Dessa forma, faz com que a audiência sinta-se estimulada a realizar uma ação específica.

É necessário que ele faça a escolha certa de palavras para tornar o texto agradável. Além disso, esse texto deve ser, ao mesmo tempo, convincente. Sendo assim, ele faz com que o leitor perceba que terá vantagens ao realizar aquela ação.

De onde veio o copywriting?

A primeira copy que se tem notícia foi feita em 1828, por Noah Webster. O termo estava relacionado à uma ideia original imitada na escrita e impressão. A partir de 1870 passou-se a definir o copywriter como um profissional que escrevia anúncios. Assim, o copywriter foi diferenciando do redator de notícias.

Um dos grandes pais do método foi Claude Hopkins. Ele já pesquisava os desejos dos consumidores antes de escrever sua copy, lá em meados de 1886.

De lá para cá a técnica foi sendo utilizada por agências de publicidade. Grandes nomes, como David Ogilvy, utilizavam-se da técnica. Mas não devemos confundir copywriting com redação publicitária. Alguns textos publicitários podem ser copys. Assim, existem diferenças a considerar.

Atualmente, o copywriting é muito utilizado no marketing digital. Estratégias de lançamento de produtos, por exemplo, utilizam-se da técnica. Isso porque a técnica exige a presença dos chamados gatilhos mentais. Muitos deles estão presentes nas copys. Dessa forma, a copy pode utilizar desses argumentos para levar a audiência até a ação desejada.

Qual é a relação do copywriting com o funil de vendas?

O copywriting está intimamente ligado ao marketing digital. E em especial com o inbound marketing. Para que haja o interesse em avançar pelo funil de vendas, as pessoas precisam ser estimuladas. E o copy entra para realizar isso da maneira correta. Portanto, ele deve levar as pessoas a consumirem o conteúdo produzido.

Baixar um e-book, assinar uma newsletter, abrir um e-mail ou preencher um formulário. Essas ações são fundamentais para a captação de leads. Portanto, para otimizar esse trabalho, é muito importante dedicar atenção especial ao copywriting. Os próprios consumidores — cada vez mais informados e exigentes — já conseguem identificar facilmente quando a empresa não aposta em um conteúdo envolvente e interessante.

Com a concorrência cada vez maior, ficar atento a essa estratégia é uma maneira de se destacar no mercado. E conseguir mais retorno com o inbound marketing.

Por que contratar o serviço especializado?

Que o copywriting é fundamental para a conversão de leads, isso já ficou claro. O trabalho do copywriter exige muito conhecimento e habilidade com a escrita. Além disso, exige empatia com o consumidor. E para chegar a isso, é necessário tempo para se dedicar ao estudo do negócio. Também é importante que o profissional tenha conhecimento sobre as etapas do funil de vendas. Assim, produzirá o conteúdo de acordo com cada uma delas.

Portanto, diante de tantas exigências, é muito difícil contratar um colaborador para desempenhar esse trabalho. Essa tem sido uma tarefa das agências de marketing. A Vero Contents, por exemplo, conta com copywriters no time. Assim, temos um diferencial na otimização dos resultados dos clientes.

Investir na melhoria do conteúdo é uma forma de otimizar seu funil de vendas. Além de aumentar a conversão de leads. Esse deve ser um comprometimento

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Compartilhe com a gente nos comentários!

Copywriting: conheça a técnica de escrita focada em conversões!

6 ideias sobre “Copywriting: conheça a técnica de escrita focada em conversões!

Deixe um comentário

WhatsApp chat