fbpx
Dicas para maximizar campanhas de email marketing

As campanhas de email marketing podem ser vistas, muitas vezes, com um olhar cético nas estratégias de marketing. Se for usado corretamente, será um dos grandes mocinhos da história no marketing digital. Para que ele não seja seduzido pelo lado negro da força, temos algumas dicas que certamente farão com que a platéia confie nessa ótima ferramenta de marketing. Aqui vão 5 delas:

Use campanhas de email marketing em uma estratégia de marketing de conteúdo

A melhor forma de otimizar o uso do email marketing é dentro de uma estratégia de marketing de conteúdo/inbound marketing. Primeiramente, porque a base que você estará construindo será sólida, estará lá por interesse em seu conteúdo e terá mais interação com você. Se você está atraindo seu público por conta do conteúdo que você produz, certamente terá taxas de abertura mais interessantes. Afinal, sua audiência tem interesse nos conteúdos que você está disponibilizando. Sendo assim, capriche no conteúdo! Afinal, sua base é o seu maior ativo.

É importante usar as técnicas corretas de programação

Primeiramente, não esqueça da regra 60:40 (e muitas vezes, 70:30). Ou seja, trabalhe 60% da estrutura em suas campanhas de email marketing em texto e 40% com imagem. Lembre-se de que muitas caixas de email usam o filtro Anti-Spam, que barra as visualizações das imagens. Claro que uma boa imagem vende muito mais o peixe, mas estamos em um contexto de conteúdo, que é o principal foco. A imagem é e sempre será a cereja do bolo, mas temos que pensar no fator configuração.

Muita gente não tem a desenvoltura nas configurações de segurança dos emails, tanto em webmails quanto em programas de email como Outlook. Dessa forma, não deixemos que nossa audiência fique sem conteúdo de qualidade por uma questão técnica. Use também templates responsivos de email, pois não são só os sites que são visualizados em dispositivos móveis atualmente. Cada vez mais as pessoas estão usando seus smartphones para todo o tipo de leitura, inclusive em emails.

Não se esqueça de usar calls to action

Muitas vezes usamos o email para passar uma informação de qualidade no marketing de conteúdo. Ele serve para fidelizar a audiência e pode ser utilizado para divulgar uma mensagem sem levar à outra ação do usuário. Mas o email é, em geral, uma ferramenta de propagação. Sendo assim, é imprescindível que ele tenha calls to action. Ou seja, ele deve ter um objetivo claro que leve a audiência para algum lugar, seja um vídeo,  uma pesquisa, página do site ou um post do blog.

Mesmo que seja somente uma campanha de email marketing de fidelização ou para utilização de algum gatilho (criar suspense ou um fator de exclusividade, por exemplo), o call to action tem que ter um foco específico. Tenha em mente que cada email tem o seu objetivo específico, então não desperdice a oportunidade de falar com sua base. Afinal, você está entrando na intimidade da sua audiência, mergulhando dentro do computador do usuário.

Respeite as boas práticas

Não podemos deixar nossas mensagens caírem em listas negras e Anti-Spams. A primeira boa prática que devemos respeitar é: NÃO COMPRE LISTAS DE EMAILS. A melhor forma de obter resultados expressivos nas suas campanhas e de ter taxas de rejeição pequenas é construir sua própria lista. Aliás, esse é um dos pontos-chave do marketing de conteúdo. Existem técnicas para isso, sendo que as mais comuns são as recompensas digitais. Evite também uso de exclamações e caracteres especiais nos títulos e não abuse dos links no corpo de email. Assuntos personalizados aumentam em mais de 22% as chances de seu email ser aberto (outra características do marketing de conteúdo) e seja objetivo nos títulos – assuntos  que contêm 3 ou mais palavras são abertos 15% menos do que com no máximo duas palavras.

Use gatilhos mentais

Chamamos de gatilhos mentais o conjunto de técnicas de redação utilizadas para atrair e reter a audiência, criando cenários de exclusividade, suspense, valor agregado, enfim… Essas técnicas são muito utilizadas em copywriting, o tipo de escrita voltada para conversões, principalmente no mundo digital.

Esse tipo de técnica é muito utilizado em lançamentos de produtos (saiba mais sobre o assunto acessando o site do Jeff Walker), onde o objetivo é aumentar a expectativa ao nível máximo, principalmente com o uso do gatilho da urgência. Se você quiser se aprofundar mais, uma boa dica é a leitura do livro “As armas da persuasão”, de Robert Cialdini, que traz muitos desses conceitos de gatilhos mentais.

Você pode conferir outras dicas para email marketing em nosso outro artigo: Email marketing: dicas para suas campanhas decolarem.

Gostou desse post? Quer saber mais sobre marketing digital? Baixe nosso e-book Marketing Digital Passo a Passo Completo para Iniciantes e comece a produzir resultados no marketing digital.

Campanhas de email marketing: dicas para maximizar resultados
WhatsApp chat