fbpx
O que são gatilhos mentais e como utilizá-los

Uma das técnicas mais utilizadas no marketing digital é o uso de gatilhos mentais. Para entender como funciona, temos que pensar primeiramente como o marketing digital atua para a geração de leads.

Nesse post vamos falar sobre essa técnica que tem sido tão utilizada nos negócios (até demais eu diria) e como ela pode ajudar a alavancar o seu funil de vendas.

Os gatilhos mentais existem mesmo?

Há controvérsias em relação ao uso dos gatilhos mentais. Alguns profissionais explicam que os gatilhos não existem, principalmente quando nos aprofundamos no estudo do neuromarketing.

Mas a realidade mostra que, quando essas técnicas são bem utilizadas os resultados aparecem com mais frequência.

Afinal de contas, o processo de compra não funciona de forma racional, o ser humano  age por impulsos e motivações que o levam a consumir e tomar suas decisões.

Dessa forma, entender como funciona a mente do cliente ajuda a preparar melhor as estratégias de marketing e vendas. O uso de gatilhos mentais é muito comum nas técnicas de copywriting, onde o foco é levar a arte da escrita com o objetivo de reter a audiência d levá-la rumo à conversão.

O que são então gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são situações que trazem reações emocionais nas pessoas e que as levam a reagir de uma forma específica e esperada. Assim, de acordo com o direcionamento estratégico, o marketing poderá causar uma sensação no cliente que o fará reagir de determinada forma.

Os gatilhos podem trabalhar com diversas sensações, como alegria, motivação, entusiasmo, ansiedade, desânimo, entre muitos outros.

Alguns dos gatilhos mentais mais utilizados

A ativação dos gatilhos mentais pode acontecer de diversas formas e isso acontece porque as pessoas costumam reagir de forma semelhante em determinadas situações. Vamos conhecer os mais comuns:

Gatilho da reciprocidade

Veja como nem percebemos, mas agimos da mesma forma. O gatilho da reciprocidade é muito comum. Você me segue e eu te sigo de volta no Instagram, por exemplo.

Assim, podemos usá-lo quando oferecemos algo a alguém sem pedir nada em troca. A maioria das pessoas se sente “em dívida”, como se estivesse obrigada a dar algo em troca.

Assim funciona, por exemplo, o inbound marketing, que faz da reciprocidade uma das formas de atrair e converter leads, levando-os depois até o fundo do funil de vendas.

Gatilho da escassez

É só até amanhã. São as últimas 24 horas. O carrinho de compras vai fechar…

Você já deve ter visto algum tipo de chamada dessas. Esse é um dos gatilhos mentais clássicos mais utilizados. A escassez leva a um sentimento de urgência, onde a pessoa sente que não pode deixar uma oportunidade imperdível passar em branco.

Gatilho da autoridade

Outro gatilho muito usado no inbound marketing, o princípio da autoridade traz a confiança como seu grande pilar. Quanto maior for a autoridade em determinado assunto, maiores são as chances de se fechar um negócio.

Gatilho da prova social

Eu recomendo, tu recomendas, ele recomenda. E nós compramos. Afinal, se o produto é bem recomendado, se existem cases de sucesso, quem sou eu para não comprá-lo? Esse gatilho nada mais é do que a velha indicação, levada ao mundo digital.

Se uma pessoa gosta de determinada coisa, eu devo gostar também. Trata-se de uma tendência que as pessoas têm ao que é mais popular.

Gatilho da exclusividade

Essa promoção vale somente para meus clientes especiais. E você é um deles. Ou então, esse e-mail com esse desconto especial está sendo enviado somente para minha lista VIP. A exclusividade é uma forma de nos fazer sentir especiais, destacados. Usar um gatilho desses traz enormes resultados.

Gatilho da novidade

Não é novidade que as pessoas adoram uma novidade. Você já notou que lugares novos sempre lotam nas primeiras semanas? A vida noturna sabe bem trabalhar esse gatilho. Saber usar a novidade em suas ações de marketing juntamente com a prova social é uma tremenda combinação.

Use com parcimônia

É muito importante que esses gatilhos mentais sejam usados com inteligência e de forma criteriosa, sem exageros. O uso indiscriminado faz com que a credibilidade se perca, além de cansar a audiência.

Use alguns gatilhos, combinando-os e alternando-os. Não desperdice sua mensagem  exagerando nos gatilhos, pois eles soarão como apelação.

Aumente o tom dos gatilhos, de acordo com a proximidade do lead com o fundo do funil. Assim, você conseguirá realizar conversões mais rápidas.

Mas não se esqueça. De nada adianta saber usar os gatilhos, se você não oferecer um produto ou serviço de qualidade e que resolva o problema do seu cliente.

O que são gatilhos mentais e como utilizá-los
WhatsApp chat